Blog
O que é Tratamento energético?
27.04.21
Lucy Arantes

O que é Tratamento energético?

Primeiro vamos falar um pouco dos princípios da Física Quântica, ela nos ajudou a compreender a matéria através do átomo que é a menor partícula do planeta.

O corpo físico é feito de matéria que na realidade é energia quântica, porém alterada a tal ponto que, pode se manifestar como matéria, ela foi condensada, assim apareceram as primeiras ínfimas partículas da matéria (prótons, nêutrons e elétrons), formando a átomo físico.

A partir de sua condensação, a energia quântica, obedecerá, enquanto condensada, aos princípios do mundo regido pela eletricidade e não mais aos princípios quânticos.

A eletricidade necessita se deslocar para ativar tudo aquilo que pode alcançar. Neste princípio desaparece a Onipresença, Onisciência e Onipotência, além de possuir um deslocamento máximo da velocidade da luz, que por definição é igual a 299 792 458 metros por segundo, e obedecer ao princípio físico da reflexão de suas partículas (reflexão é um fenômeno físico, que consiste na mudança da direção da propagação da energia, desde que o ângulo de incidência não seja 0º).

Um exemplo bastante famoso e que ajuda a esclarecer alguns dos princípios da Teoria da Relatividade de Albert Einstein, em 1915, é o Paradoxo dos Gêmeos. Este exemplo descreve dois irmãos gêmeos na Terra, sendo que um deles é posto numa nave em direção a um local distante na galáxia e viajando na velocidade da luz, enquanto o outro permanece no planeta. Quando regressar à Terra, o irmão que viajou estará muitos anos mais jovem do que o outro.

O tempo passa mais rápido quando um corpo permanece em inércia, no entanto, este tempo vai diminuindo proporcionalmente a velocidade que determinado objeto se move.

Quando se atinge a velocidade da luz (aproximadamente 1,07 bilhão de Km/h), o tempo simplesmente deixa de passar. Do ponto de vista quântico, o conceito do tempo não existe.

Tudo que acontece no nosso planeta, nos diversos sistemas é uma troca de energia, desde a reação química celular através de um alimento, dilatação ou retração das pupilas para se adaptar a luz, o som, as cores, os raios solares, enfim, querendo ou não, estamos diante trocas energéticas constantemente, quando atendemos uma ligação e ao finalizarmos ficamos desvitalizados ou, ao contrário, ficamos vitalizados e energizados isso é troca de energia.

Esses conceitos ampliam a nossa visão, não nos reduzindo apenas a reações bioquímicas como na medicina convencional (Newtoniana), mas também como seres energéticos, dotados de um corpo elétrico, apesar de ser invisível este corpo.

A natureza tem muitos campos eletromagnéticos e por isso podemos usar ondas como as do telefone celular, televisão ou rádio, por exemplo. Os animais usam frequências para se comunicarem como as baleias e golfinhos, e nossos pensamentos são uma descarga elétrica em nosso sistema nervoso, assim concluímos que emoções, raciocínios, tensões também geram descarga elétrica no corpo.

Quando estamos estressados nosso sistema nervoso reage de acordo como o nível de estresse, podendo afetar nosso corpo, através dos sentimentos e pensamentos, assim manter o estresse sob controle é fundamental para termos uma vida saudável.

Terapia energética envolve troca de energia, e pode ser feito com ou sem dispositivos, como por exemplo: acupuntura, equipamentos como: SCIO, Biolaser, S-Drive etc., ou com as mãos: quiropraxia, osteopatia, crânio sacral, shiatsu, reiki, entre outros. Outros fatores que influenciam as frequências são: intensidades, formas de ondas e outras características que equilibram, estimulam e regeneram tecidos, melhoram o humor, reduz estres, enfim promovem mudanças.

Esse tratamento equilibra o corpo energético, reenviando uma outra frequência eletromagnética que produz efeitos físicos de relaxamento, alívio de tensão e redução de estresse, dores, entre outros, atua também no nível mental, emocional e energético.

Comente essa publicação

entre em contato