Blog
O que é, e como funciona o Biofeedback e a Biorressonância?
31.05.15
Lucy Arantes

O que é, e como funciona o Biofeedback e a Biorressonância?

Biofeedback é um termo criado na década de 60 por vários neurocientistas, seus estudos eram baseados no sistema nervoso, e observava em como o corpo reagia diante a diferentes estímulos.

A palavra Biofeedback, é uma combinação de “BIO” que vem do grego e significa “VIDA” e “FEDBACK” que significa “RETROALIMENTAR” em inglês, ou seja: se observou que dependendo dos estímulos, principalmente nos mamíferos, o corpo pode responder de maneira diferente, relaxando ou aumentando a tensão muscular.

“RESSONÂNCIA” é um fenômeno que acontece quando um sistema físico recebe energia por meio de excitações de frequência igual a uma de suas frequências naturais de vibração, assim o sistema físico passa a vibrar com amplitudes cada vez maiores. Por exemplo: quando uma criança está num balanço. A ação de bombeamento das pernas e a distribuição do peso da gravidade está em harmonia de ressonância com a ação do balanço, em seguida a criança irá gradualmente aumentar o balanço à um grau mais alto, até que a quantidade de energia deslocadas pela ação de bombeamento atinja o máximo o que significa que a ação do balanço atingiu seu maior apogeu, esta ação descreve ressonância.

Portanto, biorressonância é um fenômeno físico que ocorre quando uma força é aplicada a um sistema, com intensidade igual ou muito próxima de sua frequência natural de vibração e com estes estímulos o sistema passa a vibrar amplitudes maiores. Existem vários tipos de forma de ressonância, como: mecânica, sonora, óptica, elétrica e magnética.

Todos os sistemas têm sua frequência natural. Em termos biológicos as ressonâncias podem acontecer de diversas maneiras por causa de suas dinâmicas elétricas e formas, como por exemplo: se o vírus for colocado em um campo determinado de frequência de ressonância, pode afetar o corpo de forma diferente do que se a frequência não estiver presente. Na psicologia, um determinado conjunto de neurônios podem ser sensíveis a uma condição de ressonância, se os ritmos estiverem presentes. Por exemplo: se o estímulo for um ambiente com muitas pessoas, e se este lugar estiver fechado, pode produzir um fator de ressonância dentro dos circuitos neurológicos, empurrando o organismo a extremos e muitas vezes induzindo a uma ansiedade ou ataques de pânico, se estiver presente a frequência de um padrão como Agorafobia, estas reações aparecem, caso contrário não ocorrerá nenhuma alteração no corpo de forma diferente sem essa frequência.

Nosso corpo reage a diversos estímulos internos e externos, como fatores mentais, traumas, toxicidades, deficiências ou excessos nutricionais, energias perversas, patógenos, alergias, hereditariedade etc., tudo colaborando para o desenvolvimento do estresse.

O estresse começa produzindo uma resposta de alarme, que irá provocar sintomas, se continuar aumentando o corpo entrará em um estágio de adaptação, assim o desequilíbrio aumenta e os sintomas diminuem, podendo chegar ao estado de exaustão.

O corpo é um ser eletromagnético com padrões de frequências que tem capacidade de ressonância e autocorreção, existe um nível de anatomia energética sutil similar ao corpo e é através dela que a energia vital flui.

Essa anatomia energética inclui os meridianos, chakras e corpo etérico, esses sistemas contribuem para a expressão física final da forma humana, tanto na doença como na saúde.

Numa terapia de Biofeedback e biorressonância, o computador pode funcionar como um gerador de sinal ou um contador de frequência, uma vez que as trocas iônicas de reação do corpo a uma determinada velocidade, podem interagir para medir os componentes energético do corpo. Alguns equipamentos usam o sistema QXCI foi projetado para controlar a entrada e saída de pulsos elétricos interagindo com o corpo.

As informações medidas com um dispositivo de Biofeedback informam respostas de estresse do organismo e a ressonância estimula o equilíbrio do corpo elétrico promovendo mudanças de estilo de vida e desenvolvendo reações fisiológicas de mais relaxamento e saúde em geral.

Esta terapia auxilia na manutenção do equilíbrio físico, mental, emocional e energético, visando a redução do estresse que é um fator determinante na presença de toda e qualquer doença, alterando o funcionamento bioquímico e neurológico e, assim, enfraquecendo o sistema imunológico, circulatório, renal, linfático, digestivo, entre outros.

As terapias de Biofeedback e Biorressonância são complementares, visam o reequilíbrio energético do cliente em todos os seus níveis vibratórios para reconduzi-lo ao seu estado de harmonia e saúde, favorecendo resultados mais eficientes.

Esta terapia não é invasiva, não causa nenhum risco ou efeito colateral e não possui nenhum aspecto de natureza médica ou similar, assim como não compete ou substitui qualquer tratamento ou orientação médica.

Comente essa publicação

entre em contato